VÍDEO – Zé Dirceu prevê o fim do neoliberalismo

Zé Dirceu apresentou uma previsão sobre o fim do neoliberalismo durante participação no ‘DCM ao Meio-Dia’ neste sábado (04).

Em sua declaração, o ex-ministro comentou sobre a desestruturação da classe trabalhadora que dava base para os partidos social-democratas, que “abraçaram o neoliberalismo e pagaram a conta”.

Ele também comentou sobre o cenário na Europa e nos Estados Unidos, territórios que foram governados por partidos de direita.

“Nos EUA deu o Trump porque desestruturou a classe média americana que, no fundo, era a classe trabalhadora industrial”, apontou.

Reverter a globalização?

“Não adianta querer reverter a globalização, que é impossível (…) Como recompor as cadeias de produção e uma base de classe operária nos Estados Unidos se a revolução vai chegar depois da automação e robotização na inteligência artificial?”, questionou.

“A classe trabalhadora industrial será igual a classe trabalhadora agrícola daqui 10 ou 15 anos”, completou.

Veja abaixo:

Fim do capitalismo

O ex-ministro também comentou sobre o capitalismo. Dirceu estabeleceu uma linha do tempo sobre o surgimento deste sistema econômico e apresentou um panorama do que virá daqui em diante.

“O capitalismo ou ele muda ou ele vai sobrar porque a Europa está parada há 10 anos (…) A renda concetrou de tal maneira que tem subconsumo, disse ele.

Veja abaixo:

Leia mais:

1 – Marcos Mion estreia no lugar de Huck com maior Ibope do ano

2 – Presidente da Anvisa reforça que Coronavac é segura e diz que interdição de doses ‘não é motivo de pânico’

3 – “Acho que acertei!”, diz Maia após Bolsonaro afirmar que “não considera crime ser gay”