VÍDEO: Ucrânia bombardeia porto ocupado por navios russos

Ucrânia explode navios russos em porto
Fumaça de návio russo explodido no sul da Ucrânia. Foto. Reprodução

Nesta quinta-feira (24), militares ucranianos destruíram um navio russo em um porto ocupado por russos no sul da Ucrânia. O ataque vem pouco antes de o presidente Volodimir Zelenski pedir mais ajuda militar à Otan e foi considerado um sucesso para os ucranianos, que tentam impedir que a Rússia reforce e restabeleça suas forças para intensificar os conflitos.

Segundo a Marinha ucraniana, ao menos um navio de desembarque de tropas, blindados e munições, o Orsk, foi destruído no ataque e afundou nos 5 metros do porto de Berdyansk. Moscou ainda não comentou o caso, mas as imagens em redes sociais e análises feitas por observadores pró-Rússia sugerem que isso realmente aconteceu.

Durante o primeiro mês de invasão, a Rússia enfrentou desafios logísticos em toda a Ucrânia e suas forças interromperam os esforços para avançar nas principais cidades. Eles tiveram mais sucesso no sul, onde ataques lançados pela infantaria naval e apoio da Crimeia permitiram que eles ganhassem o controle das costas do Mar Negro e do Mar de Azov. Confira:

Leia mais: 

1; Ativista ucraniano acusa EUA de usar a Ucrânia como “bucha de canhão”

2; Ciganos são amarrados a postes e têm rostos pintados na Ucrânia; confira

3; Tropa da Ucrânia veta voluntários brasileiros por causa de Bolsonaro

A destruição dos navios russos pela Ucrânia

Rússia bombardeia dois navios atracados no Mar Negro, na Ucrânia; veja  vídeo - Jornal O Globo
Návio russo pegando foto após explosão. Foto. Reprodução

Nesta quinta-feira, a vice-ministra da Defesa ucraniana, Anna Malyar, emitiu um comunicado. “O navio destruído em Berdiansk poderia transportar até 20 tanques, 45 veículos blindados e 400 paraquedistas”, disse. “Este é um alvo enorme que foi atingido por nossos militares.”

Os militares ucranianos disseram que destruíram o Orsk. Mas não ficou imediatamente claro a partir dos vídeos qual navio foi destruído. Vídeos mostram outros navios russos, que também parecem ter pequenos incêndios por conta da presença da fumaça, deixando o porto enquanto o navio da classe Alligator queima.

Na segunda-feira (21), uma rede de televisão russa administrada pelo Ministério da Defesa do país publicou uma reportagem em vídeo em que mostrava um navio de desembarque russo descarregando veículos blindados.

A reportagem cita que 10 navios de desembarque russos estavam envolvidos na operação para restabelecer as forças na área, inclui os combates intensos de Mariupol, a apenas 74 quilômetros de distância.

Na reportagem, um oficial da Marinha russa que disse que a chegada de navios de desembarque a Berdiansk foi “um evento marcante que abrirá possibilidades logísticas para a Marinha do Mar Negro”.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link