Putin muda forma de pagamento para países hostis a gás natural da Rússia

Banco Central russo anunciou retomada das negociações na Bolsa de Moscou. Foto: Reprodução/dailymotion

No mesmo dia em que anunciou a retomada da negociação de ações na Bolsa de Moscou, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, decidiu, nesta quarta-feira (23) não aceitar pagamentos feitos por “moedas comprometidas’, incluindo dólares ou euros, pelo fornecimento de gás à União Europeia. Ele deu às autoridades russas uma semana para estipular diretrizes para aplicação do novo sistema em rublos.

“Tomei a decisão de aplicar um conjunto de medidas para passar para o pagamento em rublos do nosso gás fornecido a países hostis”, disse o presidente russo em uma reunião de governo e explicou que trata-se de uma reação ao congelamento de ativos russos por parte dos países ocidentais.

Putin enfatizou que as futuras mudanças nos contrato de fornecimento de gás para os chamados países hostis afetarão apenas a moeda de pagamento, que passará a adotar o rublo russo.
Com isso, o Ministérios das Fianças e o Banco Central russo terão que determinar, nos próximos dias, um procedimento para a compra de rublos no mercado doméstico pelos importadores de gás da Rússia.

Preço do gás dispara na Europa após anúncio de Putin

Vladimir Putin, presidente da Rússia, sentado numa mesa
O presidente da Rússia, Vladimir Putin tomou uma decisão.
Foto: SPUTNIK/AFP
O anúncio do presidente da Rússia, Vladimir Putin, de que a negociação do gás russo passará a ser feita apenas em rublos, tem feito o preço do gás disparar. Essa não é a primeira vez que o preço do gás natural sobre. Segundo agências do mercado, desde o início das negociações, o preço do insumo já aumentou mais de 20%.
Na Europa, o insumo ultrapassou 1.350 dólares por 1 mil metros cúbicos, segundo a Bolsa de Londres (Ice Future Erope).  O preço futuro do gás natural na cotação Dutch TTF também cresceu, atingindo a marca de 1.353 dólares por 1 mil metros cúbicos de gás. O valor equivale a 118,75 euros por MWh.

Banco Central da Rússia anunciou retomada no mercado de ações

Sem permitir negociação de ações russas desde 25 de fevereiro, o Banco Central do país informou, nesta quarta-feira (23), que decidiu retomar os trabalhos, com 33 ações incluídas no Moscow Exchange Russia Index (IMOEX). As operações na Bolsa de Moscou serão retomadas nesta quinta-fera, (24), das 9h50 às 14h, horário de Moscou. Haverá proibição de venda “a descoberto” dos referidos títulos.

Segundo o comunicado enviado à imprensa, oss contratos do Moscow Exchange Russia Index e as ações individuais nele incluídas serão negociados no mercado de derivativos normalmente das 10:00 às 14:00, horário de Moscou.

Confira a lista de ações liberadas para negociações

AFKS, AFLT, ALRS, CBOM, CHMF, DSKY, ENPG, FEES, GAZP, GMKN, HYDR, IRAO, LKOH, MAGN, MGNT, MOEX, MTSS, NLMK, NVTK, PHOR, PIKK, PLZL, ROSN, RTKM, RUAL, SBER, SBERP, SNGS, SNGSP, TATN, TATNP, TRNFP, VTBR.