VÍDEO – Mendigo nega estupro e revela pedido de mulher de personal: “Quer namorar comigo?”

O mendigo nega a versão, do marido, de que ele a teria estuprado. Segundo Givaldo, foi a missionária que o convidou para transar no carro

Mendigo nega estupro e revela pedido de mulher de personal: "Quer namorar comigo?"
Mendigo nega estupro e revela pedido de mulher de personal: “Quer namorar comigo?”. Foto: Reprodução/YouTube

O morador de rua Givaldo Alves deu uma entrevista ao site Metrópoles falando pela primeira vez sobre o episódio em que ele foi agredido fisicamente pelo personal trainer marido da missionária Sandra. O mendigo nega a versão, do marido, de que ele a teria estuprado. Segundo Givaldo, foi a missionária que o convidou para transar no carro.

“Quando eu ano 50% da rodoviária, eu escuto vozes. ‘Espera ai!’. Eu quero namorar com você, diz a pessoa. Respondo que sou um morador de rua e não tenho nem condições de pagar um hotel. Pude ouvir daquela boca doce: ‘não pode ser no meu carro?’.

Digo parabéns por quem ela é. E é preciso um certo cuidado ao parar uma pessoa como eu. Se é uma pessoa de má índole, pode fazer muito mal para ela. Não posso me arrepender do que fiz. Já sofri dor demais, mas não podem mais apagar o que aconteceu”. Veja a entrevista.

LEIA MAIS:

1 – Lutador de jiu-jitsu é acusado de espancar morador de rua até a morte
2 – VÍDEO: prefeito bolsonarista que quer expulsar morador de rua deu cargo de quase R$ 10 mil para a mulher
3 – VÍDEO – Seguranças agridem morador de rua com choques elétricos, socos e chutes em Belém

O que aconteceu com o mendigo e a mulher do personal?

O personal trainer Eduardo Alves, de 31 anos, que aparece em imagens de câmeras de segurança agredindo um morador em situação de rua no Jardim Roriz, em Planaltina, na madrugada da última quarta (9), após ter flagrado a esposa tendo relações sexuais com o homem, diz que a companheira foi vítima de estupro e de violência sexual.

Sandra, sua mulher, nega o estupro. Agora, em entrevista ao Metrópoles, o morador de rua Givaldo contou uma versão que se aproxima mais com a da missionária Sandra.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link