Forças Armadas não são “esse pessoal que tá aí no governo”, diz Lula

Petista se posicionou sobre os militares

Lula falou das Forças Armadas
Lula falou sobre o papel das Forças Armadas

Ao ser perguntado pelo jornalista José Cássio, do DCM, sobre as Forças Armadas terem se transformado em um problema para o país, Lula afirmou acreditar que o conflito é de orientação. “Não vejo as Forças Armadas como um problema. Vejo ela mal orientada. Bem orientada e ela pode prestar grandes serviços ao país”.

“Eu tive uma relação de recuperação das Forças Armadas. Pagamos salário mínimo aos recrutas. Demos o direito de eles almoçarem nos quartéis, por que isso não acontecia. Criamos o programa Recruta Cidadão para dar uma profissão a eles”, lembra Lula.

“Recuperamos a engenharia do Exército para ajudar inclusive a balizar o preço da construção civil no país (…) Retomamos o investimento na Marinha após anos sem investir no enriquecimento de urânio em Iperó”, acrescenta o ex-presidente.

“Compramos um navio novo para substituir o Barão de Tefé, que nem cabia nem o pesquisador que ia para Antártica (…) Recuperamos a FAB, que não tinha avião pra nada”, exemplifica.

Leia mais:

1 – Justiça italiana mantém condenação de Robinho a 9 anos de prisão por abuso sexual

2 – VÍDEO: Em crise, Boris Johnson anuncia fim do uso obrigatório de máscara

3 – VÍDEO: Repórter lembra de pai que morreu de Covid-19 e chora ao vivo

Lula não faz generalização das Forças Armadas

Lula disse que não baliza as Forças Armadas com “esse pessoal que está no governo”. “Estou convencido que temos um grupo de aproveitadores dentro do governo. O Pazuello [general Henrique Pazuello, ex-ministro da Saúde] jamais poderia chegar a general com a formação que ele tem, com a ignorância”

O ex-presidente lembrou que as Forças Armadas cumpriram um papel importante no em seu governo e de Dilma. “As Forças Armadas têm gente preocupada com a soberania nacional, com o desenvolvimento e a independência do Brasil”, conclui.

Veja a entrevista completa abaixo:

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link