Justiça mantém decisão e deputado bolsonarista pagará indenização a jornalista

Deputado do PL foi condenado por ataques de cunho machista contra a jornalista Patrícia Campos, a mesma ofendida por Bolsonaro. Foto: Reprodução

O Tribunal de Justiça de São Paulo segue tetando frear os desmandos do bolsonarista e deputado estadual pelo Ceará, André Fernandes (PL). Uma decisão da 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal manteve a condenação em primeira instância que obriga o deputado a indenizar em R$ 50 mil a jornalista Patrícia Campos Mello, repórter da Folha de S.Paulo. A medida se deu em razão de uma publicação feita pelo deputado no Twitter em que acusa a jornalista de trocar sexo por informações prejudiciais a Jair Bolsonaro (PL).

“Se você acha que está na pior, lembre-se da jornalista do folha de SP [sic] que oferece SEXO em troca de alguma matéria para prejudicar Jair Bolsonaro. Depois de hoje, vai chover falsos informantes pra cima desta senhora. Força, coragem e dedicação Patrícia, você vai precisar!”, escreveu o deputado.

De acordo com Taís Gasparian, advogada da jornalista, o valor da indenização é meramente simbólico, pois “nem de perto poderá recompor o sofrimento da jornalista”. Além disso, segundo ela, a decisão dos desembargadores “representa uma importante vitória para todas as mulheres, jornalistas ou não, que forem ofendidas simplesmente pelo fato de serem mulheres no exercício de suas profissões”, disse.

Leia mais:

1 – TSE manterá esforços de diálogo com o aplicativo, mesmo com decisão de Moraes

2 – Moraes abre inquérito contra internauta que vazou decisão sobre o aplicativo

3 – URGENTE: STF manda bloquear o aplicativo no Brasil

Bolsonaro fez trocadilhos de cunho sexual contra a jornalista

André não foi o único a acusar Patrícia de trocar sexo por informações. Em fevereiro de 2020, Jair Bolsonaro também fez trocadilhos da mesma natureza ao se referir a Patricia Campos Mello, jornalista premiada e com grandes coberturas no currículo.

“Ela queria 1 furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim”, disse o presidente. Entre jornalistas,  “dar 1 furo” significa ser o primeiro a publicar uma informação.

Conheça as polêmicas protagonizadas por André Fernandes

André Fernandes é o mesmo deputado que se envolveu em polêmica por ter feito gesto característico de saudação nazista, o que, segundo ele, seria uma notícia falsa.

Em vídeo com ânimos exaltados, André usou sua conta no twitter para se explicar e se defender das acusações. Segundo ele, a postagem era “uma crítica ao nazismo”.

Ele também foi o responsável por trazer à tona a polêmica envolvendo o filme “Como se tornar o pior aluno da escola”.

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link