Candidato bolsonarista ao governo de SP, Tarcísio fecha com novo partido

Jair Bolsonaro e Tarcísio de Freitas
Jair Bolsonaro e Tarcísio de Freitas.
Foto: Alan Santos/PR

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, pré-candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL) para governador de São Paulo, se filiou nesta quinta-feira (24) ao Republicanos. Tanto o PL como o Republicanos pertencem ao núcleo duro do Centrão, grupo político que passou a apoiar Bolsonaro a partir da metade de 2020.

O desejo do chefe do Executivo era que Tarcísio fosse para o PL. Ontem, o ministro afirmou que existia uma “tendência” de se filiar ao PL, mas hoje foi feita uma negociação para que o ministro João Roma (Cidadania) migre do Republicanos para o PL na disputa pelo Governo da Bahia.

Tarcísio já preocupa rivais com seu crescimento nas pesquisas. O temor é que ele pode crescer ainda mais, embalado pela polarização e pelo apoio de Bolsonaro. Também há a avaliação de que o ministro, por ser visto como técnico, é capaz de furar o teto de votos bolsonarista.

Leia mais:

1- Tarcísio de Freitas revela quem deve ser o novo ministro da Infraestrutura

2- Pré-candidato em SP, ministro paga mico na web

3- Candidato de Bolsonaro em SP tem como forte aliado deputado condenado por xingar o papa

Ascensao de Tarcísio preocupa Geraldo Alckmin

Tarcísio de Freitas.
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

O desempenho do ministro da Infraestrutura nas últimas pesquisas de intenções de voto assustou o ex-tucano. Segundo o jornal O Globo, Alckmin falou a aliados sobre o peso que Bolsonaro pode ter na candidatura de um governador: “Governador não elege presidente, mas um presidente elege governadores”.

Segundo a última pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE), Tarcísio tem cerca de 25% das intenções de voto. O aumento se deu após os entrevistados ficarem cientes de que Bolsonaro apoia o candidato. Já Fernando Haddad (PT) tem 38% das intenções de voto.

 

Clique aqui para se inscrever no curso do DCM em parceria com o Instituto Cultiva

 

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link