VÍDEO: Bolsonaro xinga Fátima Bezerra, PT e solta palavrão no interior do RN

Bolsonaro no interior do Rio Grande do Norte. Imagem: Reprodução
Bolsonaro no interior do Rio Grande do Norte. Imagem: Reprodução

Em um discurso na cidade de Jucurutu, interior do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (09), o presidente Jair Bolsonaro (PL) atacou os governos Lula e Dilma, disse que não errou na pandemia e ainda reclamou da governadora Fátima Bezerra (PT), que não o recebeu.

“Tem gente que tem saudades desses canalhas, não é só o povo nordestino que sofre, é gente de todo o Brasil. Os números estão aí, não estou alfinetando nem criticando ninguém. Estou apenas mostrando”, disse Bolsonaro.

Assista ao vídeo no final da página.

Leia mais:

1. URGENTE: Jovem Pan demite Adrilles por suposto gesto nazista

2. Ex-homem forte de Pazuello, Cascavel é preso suspeito de estuprar jovem de 18 anos

3. De olho nos votos de Bolsonaro, Moro quer se encontrar com Edir Macedo

O presidente está no Nordeste para participar de inaugurações de obras hídricas na região.

Mesmo sem mencionar o nome de seus antecessores, ele fez referências às gestões de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), Lula (2003-2010), Dilma Rousseff (2011-2016) e Michel Temer (2016-2018).

“Durante a transição após as eleições (de 2018) em Brasília, estávamos conversando sobre o que estava acontecendo com o governo anterior e como estava o governo. Descobrimos que a Funai tinha um contato de R$ 50 milhões para ensinar o índio a mexer com Bitcoin. Ah, vá para a puta que pariu, porra. Desculpe o palavrão aqui”, discursou o mandatário.

Em seguida, Bolsonaro se desculpou pelo palavrão e afirmou que “pelo menos não rouba”. “Querem botar o fala mansa lá? Botem. Quem vai pagar a conta? Vocês”, disse.

Sobre a pandemia, o presidente falou que não errou em nenhuma decisão. “A política do fica em casa, lockdown e toque de recolher, foi desumana. Levou a mortes, desemprego, muita gente foi para depressão e para o desespero. Não errei nenhuma (vez) durante a pandemia, fui atacado covardemente o tempo todo, mas a decisão de conduzir a questão da pandemia, segundo decisão do STF, foi para governadores e prefeitos”, ressaltou.

“Muitos (governantes) erraram na tentativa de fazer a coisa certa, agora está na hora de reconhecer o que não deu certo, que o vírus ainda é uma questão desconhecida por nós”, afirmou Bolsonaro.

Assista ao vídeo abaixo.

Reportagem de Victor Gaspodini e Alessandro Fernandes

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link