Bolsonarista Álvaro Garnero diz que ex transformou processo em “reality show”

A imagem de Álvaro Garnero com Eduardo Bolsonaro e Donald Trump
Álvaro Garnero com Eduardo Bolsonaro e Donald Trump. Foto: Reprodução

O empresário bolsonarista Álvaro Garnero concedeu uma entrevista ao jornalista Leo Dias, do Metrópoles, sobre o processo envolvendo sua ex, Cristiana Arcangeli, que o acusa de cometer os crimes de estelionato, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

LEIA MAIS:

1 – VÍDEO: “Eu quero ser tratada nos pronomes femininos”, diz Linn da Quebrada no BBB

2 – Com aparelho de oxigênio, Elizangela tem alta após sequelas da covid

3 – População em situação de rua dobra desde 2015 em São Paulo

O que diz Álvaro Garnero?

A defesa dele afirma que Arcangeli tenta transformar o caso em um reality show para julgamento público: “É ‘irresponsabilidade’ transformar um caso tão grave em reality show para julgamento público”.

Em prints entregues a Leo Dias, Cris Arcangeli cobra Hélio sobre a papelada referente à transação com bitcoins. “Hélio não recebi o contrato. Pode mandar segunda?”, questiona a empresária.

“Opa vou cobrar o advogado e te entrego”, responde o líder da Híbridos e da Meu Pé de Bitcoin. Cris agradece, e Hélio se despede em tom otimista: “Show! Vamos que vamos rumo aos bilhões”.

O homem da mensagem é Hélio Caxias Ribeiro Filho, titular das empresas Híbridos e Meu Pé de Bitcoin. Essa gravação mostraria que Garnero não estaria envolvido no caso.

Cris Arcangeli alega que o ex-namorado até hoje está em posse de seu dinheiro, algo em torno de 300 mil dólares, que equivalem a mais de 1,6 milhões de reais na cotação atual.

“É só ler o processo, as provas estão todas lá. Meu dinheiro sempre esteve e está com ele. Ele nunca conseguiu provas que repassou para outra pessoa”.

A imagem de Álvaro Garnero e sua ex-namorada
Álvaro Garnero e sua ex-namorada. Foto: Reprodução

Participe de nosso grupo no WhatsApp clicando neste link

Entre em nosso canal no Telegram, clique neste link